Domingo, 31 de Agosto de 2008

Confrontações

 

Não entendo o rumo que a vida pode tomar, sem qualquer explicação ou vontade. Não entendo e não entenderei certamente. É incompreensível a metamorfose que o que nos rodeia pode sofrer.

 

Continuo a debater-me com os porquês e sou incapaz de aceitar isto. Tudo tão repetitivo. Começo a deixar de acreditar no viver correctamente. Para quê? De que me serve dar sem pudor o que sou e aquilo em que acredito? Para quê me dedicar a viver intensamente com alguém e acreditar que é possível receber o mesmo. Esta forma utópica de pensar só me tem levado a grandes quedas. Não consigo aceitar sofrer mazelas por apenas seguir as minhas condutas de vida, por viver de acordo com aquilo que sou. Para quê? Só me magoo.

 

So, why the love went away?
I just can't seem to understand
Thought it was me and you, baby
Me and you until the end
But I guess I was wrong

Don't wanna think about i
Don't wanna talk about it
I'm just so sick about it
I can't believe it's ending this way
Just so confused about it
Feeling the blues about it
I just can't do without you
Tell me is this fair

Is this the way it's really going down?
Is this how we say goodbye?
Should've known better when you came around
That you were gonna make me cry
It's breaking my heart to watch you run around
'Cause I know that you're living a lie
But that's ok,
'Cause in time you will find

 

Publicado por ascertezasdasincertezas às 02:04
link do post | Comentar | favorito
|
6 comentários:
De lovenox a 8 de Setembro de 2008 às 15:46
Lamentação pura e simples não nos leva a lado nenhum.
Agora a acção sim, e devemos viver sempre de acordo com os nossos princípios, sermos nós mesmos.
De rapazmisterio a 6 de Setembro de 2008 às 00:57
Tive uma ideia e queria que tbem partilhasse nela...

No meu blogue tenho tudo explicado. Comenta da a tua opiniao e ajudame a construir xta xpecie de conto..

Espalha a palavra.
Obrigado, conto contigo
De marazul a 5 de Setembro de 2008 às 18:06
não fiques assim...olha para a frente...
De Just Moments a 4 de Setembro de 2008 às 21:18
E que tal se deixares as correrem naturalmente??

Sem perguntas..nem porque, sem ses!!Não é facil..!!
Mas para o que eu servir!!
Sabes que podes contar comigo e sabes aonde estou!!

Fica bem Amiga!!
E lembra-te ...amanhã é outro dia!!

beijkas

De Sunrise a 2 de Setembro de 2008 às 19:07
Não desistas de ser tu mesma..!! as vezes sofremos, as vezes nos desiludimos, e muitas vezes nos sentimos injustiçados, sentimos que as nossas acções nao compensam-... mas se desistirmos delas podes ter a certeza que aí sim nunca serão realmente compensadas..!! não desitas de ser kem tu es e de sonhar! é possivel amar e ser amado, é possivel sermos felizes, é possivel sermos justos e correctos... acredita nisso... ;)
De lovenox a 1 de Setembro de 2008 às 15:43
Sou daquelas pessoas que me recuso pura e simplesmente a deixar de agir da forma que acho correcta só porque os outros aproveitam a deixa para me magoar, os meus princípios, as minhas atitudes, são aquilo que são apenas porque eu sinto que estou certo se os outros assim não acham azar. São as minhas regras de conduta e recuso-me a abdicar delas.

Comentar post

E eu sou assim...


ver perfil

seguir perfil

. 144 seguidores

pesquisar

Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Inconstâncias recentes

Sentimentos Revoltos

Reflexões Matinais

Palavras Perdidas

Futuro

Contos de Fadas

Pequena Colaboração

Recordações únicas

Cansaço

Sem palavras

Inconstâncias armazenadas

tags

todas as tags

eXTReMe Tracker
blogs SAPO

subscrever feeds