Domingo, 1 de Fevereiro de 2009

Revolta

Estou irritada. Provavelmente se neste momento estive frente a frente com uma certa pessoa ouviria tudo o que tenho entalado. É bastante complicado ficar calada quando tenho algo por dizer.

 

O que me irrita ainda mais é que já era altura de ter ultrapassado tudo isto. Em vez disso, cada acção que condenei na altura permanece bem guardada na memória.

 

Nunca senti tanto que se estavam a meter com o fogo como naquele dia. Eu vi a minha vida quase ser alterada por aquelas acções egoístas e egocêntricas. Em parte, passei das piores semanas da minha vida, por causa de alguém que não tinha o direito de agir com tamanho altruísmo. Eu condenei, e condeno, a forma como a amizade foi manipulada para um prazer único.

 

Não consigo. Não consigo ser indiferente a tudo o que se passou. Ao que assisti, ao que eu ouvi. Não é ódio. É revolta, por nunca ter tido a oportunidade de ter confrontado a pessoa que mexeu com a minha vida sem nem sequer a conhecer.

Estou...: irritada
Música: Muse - Supermassive Black Hole
Publicado por ascertezasdasincertezas às 01:57
link do post | Comentar | favorito
|
2 comentários:
De excessiva a 1 de Fevereiro de 2009 às 14:17
Grande banda sonora para fundo dos teus pensamentos. Só pode inspirar...
De silvia a 1 de Fevereiro de 2009 às 13:43
É muito mau quando deixamos alguma coisa por dizer.Pelo menos comigo é assim parece que tenho alguma coisa a roer-me todinha por dentro...

bj***

Comentar post

E eu sou assim...


ver perfil

seguir perfil

. 144 seguidores

pesquisar

Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Inconstâncias recentes

Sentimentos Revoltos

Reflexões Matinais

Palavras Perdidas

Futuro

Contos de Fadas

Pequena Colaboração

Recordações únicas

Cansaço

Sem palavras

Inconstâncias armazenadas

tags

todas as tags

eXTReMe Tracker
blogs SAPO

subscrever feeds