Quarta-feira, 13 de Abril de 2011

Pequena Colaboração

 

Não é hábito meu utilizar este espaço para outros fins senão esvaziar a alma mas desta vez uma amiga precisa de uma ajudinha e cá estou eu para isso.

 

Pedia a todas as mulheres que perdem o seu precioso tempo a ler os meus devaneios para responderem a um pequeno e muito curto questionário. É algo fácil e que não vos rouba mais do que um minuto.

 

Este é o link

 

Nós agradecemos, é de extrema importância a obtenção do maior número de respostas.

 

E se quiserem divulgar agradecemos também.

Publicado por ascertezasdasincertezas às 22:42
link do post | Comentar | favorito
|
Segunda-feira, 30 de Agosto de 2010

Desorientação

 

Sinto-me sozinha. Como se só eu assitisse à minha vida. Sou como um espectador atento ao desenrolar de uma história que não evoluir. Não sei porque estou assim mas a única coisa que me apetece fazer é fechar-me e dormir até achar que posso acordar convenientemente.

 

Preciso de me restabelecer, não sei bem de quê, mas é uma necessidade. Estou perdida e sinto que se desaparecesse durante um tempo ninguém daria pela minha falta, embora saiba que tal não é verdade. Sinto-me superfula perante as pessoas.

 

Talvez este sentimento tenha surgido como fruto da calmia existente no ambiente que me rodeia. Não sei mas provavelmente passarei o dia a pensar nisso...

 

 

Publicado por ascertezasdasincertezas às 11:06
link do post | Comentar | Ver comentários (4) | favorito
|
Sexta-feira, 5 de Março de 2010

E agora?...

 

Parece tudo tão incerto.

 

Há algum tempo que não sentia a vida tão instável. Por norma tenho de ter sempre um porto seguro, um plano B para o caso do A não resultar. Desta vez não é assim, não há plano B nem muito menos A. Não há planos, não há segurança.

 

Não sei o que quero nem o que é melhor para mim. O que me inquieta verdadeiramente é que esta falta de continuidade que sempre dei à minha vida coloca-me numa situação desconhecida e insegura. Qual o caminho a seguir? Qual o acertado?

 

Esta pausa está a deixar-me irrequieta. Já não consigo pensar e concentrar-me no delinear do esboço da vida. Tenho de o fazer mas os dias passam e torno-me num acessório do dia a dia. O tempo passa e a vontade de agir diminui tamanha é a desorientação.

 

Nem sempre é bom ter tudo na vida planeado, no enquanto neste momento era disso que precisava para me erguer de novo.

 

Estou...:
Música: Mika - Happy ending
Publicado por ascertezasdasincertezas às 21:49
link do post | Comentar | Ver comentários (11) | favorito
|

E eu sou assim...


ver perfil

seguir perfil

. 144 seguidores

pesquisar

Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Inconstâncias recentes

Pequena Colaboração

Desorientação

E agora?...

Inconstâncias armazenadas

tags

todas as tags

eXTReMe Tracker
blogs SAPO

subscrever feeds