Quarta-feira, 21 de Janeiro de 2009

Alguém que...

Afinal, se nos magoamos tanto ao longo da vida, seja por um amor não correspondido ou por um relacionamento falhado porque persistimos em tentar mais uma vez?

 

É simples. Porque, no fundo, sabemos que qualquer mágoa ou desentendimento é superado pelo sentimento de segurança e auto-estima que um relacionamento equilibrado nos é capaz de proporcionar.

 

Quem já amou e foi amado saberá certamente a que me refiro...

 

Não sei se deva sequer tentar enumerar o que nos faz superar o "nunca mais me quero apaixonar para não sofrer" e nos faz cair num mundo cor-de-rosa ao lado da "tal" pessoa - claro que tudo isto numa versão real onde existe uma espécie de conto de fadas estilo século XXI, em que há sempre obstáculos, discordâncias e afins. Tudo barreiras que, a meu ver, são capazes de fortalecer o que já se tem.

 

Mas voltando ao assunto principal, sem dúvida que o sentimento de termos alguém que goste mesmo de nós acaba por nos fazer deixar de parte, ou mesmo ultrapassar, certos receios.

 

Falo por mim. Não me arrependo das decisões, por vezes consideradas loucuras, que já cometi pelo que sentia. E tudo o que eventualmente fiz, tenha-se revelado certo ou errado, não foi única e exclusivamente pela pessoa - tipo "faço tudo por ti" - mas por mim, pelo que sentia e pelo que eu considerava certo e por vezes instintivo. É um facto que, nem sempre me saí bem mas até agora o balanço foi, e é, positivo. Não falarei do passado, pois esse, apesar de ter sido necessário para uma aprendizagem futura não é relevante neste momento.

 

Agora baseio-me no presente. Quando afirmo que ter alguém é bom não quero com isto dizer que é fácil, pois não é. Há sempre algo a manter ou a fortificar. Contudo, tudo é mais simples quando nos sentimos seguros. Sabemos que temos alguém ao nosso lado para o que der e vier. Alguém que saberemos que estará lá quando o dia nos corre menos bem. Alguém que te dá a mão mesmo que em silêncio, por não saber o que dizer para te reconfortar. Alguém que te olha de uma maneira que te faz sentir que essa pessoa gosta mesmo de ti. Alguém que te abraça com a firmeza necessária a te fazer sentir a pessoa mais protegida à face da terra. Alguém com quem o tempo que partilhas parece sempre pouco e farias de tudo para pará-lo de modo a desfrutares de cada momento. Alguém que te faz sentir amada só por se preocupar contigo. Alguém para quem olhamos sempre com uma admiração e interesse extremo, mesmo que seja tua companhia todos os dias. Alguém com quem uma hora parece um minuto e teres a possibilidade de teres um segundo a mais faz-te querer o dobro, o triplo, todo o tempo que fosse possivel. Alguém que...

 

Poderia continuar a escrever indeterminavelmente sem conseguir caracterizar verdadeiramente o que é ter o privilégio de partilhar a minha vida com quem gosto. Gostar, mas não um gostar qualquer, é daquelas coisas que apenas vivendo-as sabemos o seu significado. E aí sim...saberemos que tudo vale a pena, mesmo com todos os pequenos precalços que apenas nos fazem apreciar ainda mais este sentimento.

Estou...: apaixonada
Música: Keyshia Cole - Heaven Sent
Publicado por ascertezasdasincertezas às 02:36
link do post | Comentar | Ver comentários (4) | favorito
|

E eu sou assim...


ver perfil

seguir perfil

. 144 seguidores

pesquisar

Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Inconstâncias recentes

Alguém que...

Inconstâncias armazenadas

tags

todas as tags

eXTReMe Tracker
blogs SAPO

subscrever feeds