Segunda-feira, 9 de Fevereiro de 2009

Dependência

 

Sim, tenho saudades tuas. Daquelas como se tivesse há muito tempo sem ti. Como se não tivesse contigo há muito tempo...há tempo suficiente para me perguntar quando será a próxima vez que estarei contigo...mesmo sabendo que apenas passaram uns dias.

 

Sim, sinto a tua falta. Daqueles dias sucessivos contigo, fosse como fosse, o tempo que fosse possível. As horas passaram a dias. Passaste de papel principal a um "quando der estamos juntos".

 

Sempre temi perder a minha independência de sentimentos. Sempre tentei relembrar a mim própria que deveria manter a minha autonomia, independentemente do sentimento. Nunca abdiquei da "minha vida", no entanto foste ganhando uma importância que agora é como se me estivesse a ser arrancada.

 

Receio que te habitues a tudo isto...a cada um ter a sua vida e os momentos restantes ficarem para nós. Não é isso que quero. Vivo certamente mas com um pedaço do pensamento em ti...sempre, todos os dias, a toda a hora. Não quero de outra forma. Quero saber que tenho alguém a quem contar os sabores e dissabores do meu dia. Quero saber e sentir que ao final do dia tenho alguém que quer estar comigo tanto como eu o quero.

 

Não quero uma possível distância...uma falta de tempo...não quero...

Estou...:
Música: Coldfinger - Cover sleeve
Publicado por ascertezasdasincertezas às 20:59
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

E eu sou assim...


ver perfil

seguir perfil

. 144 seguidores

pesquisar

Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Inconstâncias recentes

Sentimentos Revoltos

Reflexões Matinais

Palavras Perdidas

Futuro

Contos de Fadas

Pequena Colaboração

Recordações únicas

Cansaço

Sem palavras

Inconstâncias armazenadas

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds