Sábado, 19 de Dezembro de 2009

Palavras

 

Se já não sei viver sem ti? É verdade.

 

Cada vez gosto mais de ti? É um facto.

 

Se tento de tudo para não demonstrar a minha vulnerabilidade cada vez que não estou perto de ti? Sim, confesso.

 

Gosto de ti, já não vivo sem ti e no entanto sinto-me mal cada vez que o digo. Para mim sentir-me dependente de alguém é expor-me, retirar a camada que me protege.

 

Magoa-me quando tenho a percepção de ser mais sentimentalista do que tu? Um pouco.

 

Sou feliz, nunca me senti tão bem em ter alguém como tu, e mesmo assim dói um bocadinho quando te digo tudo o que sinto, o que vai mesmo cá no fundo, e noto que não és assim. Não vais gritar ao mundo o que sentes por mim porque não és assim. Discreto. Gostas mas por vezes não dizes.

 

Se gosto quando de vez em quando me dizes o que sentes? Adoro.

 

Porque apesar de te ter todos os dias e comprovar que gostas de mim, assim como eu gosto de ti, também é bom ouvir as palavras.

 

Hoje gostei de as ouvir.

 

 

Música: 12 stones-lie to me (acoustic)
Publicado por ascertezasdasincertezas às 00:06
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

E eu sou assim...


ver perfil

seguir perfil

. 144 seguidores

pesquisar

Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Inconstâncias recentes

Sentimentos Revoltos

Reflexões Matinais

Palavras Perdidas

Futuro

Contos de Fadas

Pequena Colaboração

Recordações únicas

Cansaço

Sem palavras

Inconstâncias armazenadas

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds